Da terra de Cervantes

junho 30, 2009

Há anos ouvi pela primeira vez o cd de Paco de Lucia tocando o Concerto de Aranjuez. Senti que tinha que ter aquilo. Joaquín Rodrigo, o compositor da obra, ainda era vivo e esteve presente nas gravações em 1991. Segundo consta, teria dito que “nunca ninguém tinha tocado a sua peça com tanta paixão e intensidade como Paco de Lucía.”

O flamenco tem coisas absolutamente lindas. Como muita gente já sabe, até Miles Davis, jazzista empedernido (mas não ortodoxo) se rendeu a este estilo em seu Sketches of Spain, em 1960.

Muitas vezes a carga dramática é exacerbada. Claro que, como quase todos os estilos e ritmos, não é para todos os momentos.

No link abaixo, Nina Pastori e Alejandro Sanz em “que pena” (nada a ver com a homônima de Jorge Ben):

http://www.youtube.com/watch?v=cWRd_rbXw2k

E, abaixo, “El Amor Brujo”, de Manuel De Falla. O trecho do link indicado é “Danza del Fuego Fatuo”, do filme do Carlos Saura, com Antonio Gades e Cristina Hoyos.

http://www.youtube.com/watch?v=XpG_wvdhkRM


Linkando

junho 23, 2009

Coluna de Luciano Trigo sobre arte contemporânea. O fato de eu recomendar o texto não significa que eu ache bons os exemplos de arte ali selecionados pelo autor:

http://colunas.g1.com.br/maquinadeescrever/2009/06/05/meu-problema-com-a-arte-contemporanea


Tem que ter um especialista no assunto

junho 17, 2009

Por Mauricio O. Dias – comoeueratrouxa

Vi num sebo um livro sobre Rembrandt. Folheei-o, estava em ótimo estado, arrisco-me até a dizer que nunca foi lido; a qualidade das reproduções era muito boa (como já disse antes, isto é o mais importante para mim num livro de arte), tinha bom tamanho – livro de pintura pequeno reduz muito as imagens – e o preço baratinho. Comprei. O livro é ‘A Arte de Rembrandt’, de Douglas Mannering, Ed. Ao Livro Técnico S.A.

Estou lendo aos poucos, em meio a outros livros. Mas, o primeiro parágrafo da orelha do livro traz algo que achei inconcebível. Não aparece ninguém assinando esta orelha e não me parece ser transcrição de algum trecho do livro: “A pintura holandesa tem uma história não muito longa. Só no Século XVII é que apareceu como uma importante escola européia, quando fatores históricos, religiosos e sociais lhe deram estímulo e um lugar onde florir.”

Como assim? E Van Eyck?* E Rogier Van der Weyden?* Hyeronimus Bosch? E Bruegel, o Velho?* Quem escreveu este trecho destacado no parágrafo anterior? É coisa da edição brasileira, ou é erro importado com a edição original? Seja como for, quem escreveu a orelha, escreveu de ‘orelhada’ (do michaelis.uol.com.br/moderno/portugues : ‘por ouvir dizer, sem maior conhecimento do assunto.’).

* – Os marcados com asteriscos nasceram em cidades que hoje fazem parte da Bélgica, mas na época, ao que me consta Bélgica e Holanda ainda não existiam como estados autônomos, era tudo Países Baixos.


Os quadrinhos sem desenhos – parte 1

junho 12, 2009

Ah, sim, eu não tinha lançado aqui na sequência de posts um link para a  primeira história em quadrinhos sem desenhos:
http://comoeueratrouxaaos18anos.wordpress.com/quadrinhos-sem-desenhos


Ennio Morricone deve ter gostado

junho 11, 2009

.

Fiquei conhecendo este clipe através de um amigo,  que o mandou anexado num email. Achei divertidíssimo. “Quem são esses caras?” – ninguém sabia. Só dias depois me dei conta de procurar no youtube, e lá estava: Ukulele Orchestra of GB.

A Ukulele Orchestra foi fundada em 1985, e como o próprio nome revela, são ingleses.  Um DVD do grupo tem o hilário nome ‘Anarchy in the Ukulele’, trocadilho com o “Anarchy in the U.K.” dos Sex Pistols, single lançado em 1976.

No clipe vemos ‘The Good the Bad the Ugly’. Se eu explicar muito, acaba tirando a graça.

O cara do assobio não segura o riso e erra aos 3:41. Faz parte, coisas de apresentação ao vivo.

Está no link

http://www.youtube.com/watch?v=pLgJ7pk0X-s#t=0m35s

E de quebra, um outro link que vai levar você ao nirvana:

http://www.youtube.com/watch?v=2KZjnFZvCNc

Quem quiser ver mais, procura no youtube por ‘Ukulele Orchestra’, e vai achar coisas como Respect ; Le Freak; Satellite of Love;  Rock Around the Clock, etc.


O pastiche imita a vida

junho 9, 2009

Leia a notícia que se encontra no link

http://www.conjur.com.br/2008-jan-10/mantida_acao_acusado_trocar_voto_dentadura

Surreal que isto AINDA aconteça…

Depois de ler tal coisa pensei numa trama para fazer uma de minhas histórias em quadrinhos sem desenhos, no link:

http://comoeueratrouxaaos18anos.wordpress.com/quadrinhos-sem-desenhos-2


Antes era solstício, depois virou dia santo

junho 1, 2009

Lancei um textinho de humor, achei melhor colocá-lo como página do que como post – post é quando ele faz parte da seqüência cronológica, indo cada vez mais para baixo na(s) página(s) na medida em que entram coisas novas.

Está no link

http://comoeueratrouxaaos18anos.wordpress.com/pula-a-fogueira-iaia


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.