A arte da reciclagem

No post anterior eu mencionei o ‘Pentateuco’, sem me ligar que ninguém tem obrigação de saber do que se trata. Segue a definição da Wikipedia: “Do grego, “os cinco rolos”, o pentateuco é composto pelos cinco primeiros livros da bíblia cristã. Também chamado de Torá, uma palavra da língua hebraica.”

E esta semana estou lançando no site um conto que cometi aos 21 anos (faz teeempo…). Um dos personagens se chama ‘Frodo’, mas eu juro que não o fiz por causa de “O Senhor dos Anéis”. Eu tinha lido uma história em quadrinhos pretensiosa chamada “Moonshadow”,  que no entanto tinha umas aquarelas bacanas. 

Um dos personagens era um gato com este nome. Achei o nome adequado ao meu texto e o usei. Se o autor de “Moonshadow” foi influenciado pelo livro de Tolkien? Não sei, é provável.

Aqui está o link para o conto:

https://comoeueratrouxaaos18anos.wordpress.com/literatura-1-o-grande-xaram

Uma resposta para A arte da reciclagem

  1. roberta disse:

    O autor de Moonshadow foi influenciado por Tolkien sim, inclusive ele cita Tolkien em uma das páginas (explicando que o protagonista leu O Senhor dos Anéis), que a tradução brasileira fez o favor de traduzir “orcs” para “orcas”, ficando mais ou menos assim:
    – Me maravilhei com Tolkien e suas orcas… PAN!
    😛

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: