Eles sabem o que é melhor pra você

Por Mauricio Dias – comoeueratrouxa

Saiu um texto do Arnaldo Branco na Zé Pereira – http://revistazepereira.com.br/node/45  – que suscitou uma discussão interessante – http://www.oesquema.com.br/mauhumor/2007/09/19/ate-parece-artista.htm

Esta questão da interferência do politicamente correto, tanto na mídia como nas artes, é altamente pertinente. Cresci vendo na TV o Chico Anysio e a série d’O Bem Amado (a série, dos anos 1980, não a novela, não sou tão velho assim). Duvido que hoje fossem possíveis programas semelhantes vingarem na TV. Não pelo público, que gostou na época, e gostaria hoje – assim como gostou e gosta de americanos politicamente INCORRETOS, como Os Simpsons, Uma Família da Pesada, Ali G Show, etc.

Mas um programa com este teor seria vetado por uma censura na emissora, vocês sabem de qual estou falando. A mídia há muito deixou de ser um canal de informação ao leitor/espectador para se tornar um FILTRO, decidindo o que deve chegar ou não aos olhos do leitor, ao invés de informar a este e deixar que ele decida.

Nas artes plásticas, a questão é visível: sabe-se lá por que razões, é mais fácil um camelo passar numa agulha do que um artista figurativo sério (leia-se: não algo como os toscos, imitadores de Iberê Camargo que proliferam por aí) ter seu trabalho divulgado no Segundo Caderno do Globo ou no Starte da GloboNews.

Escrevi textos sobre o assunto há anos, quem quiser dar uma conferida, eis os links, é só clicar neles:

Dificuldades do Figurativismo brasileiro  –

www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=818

Contestação à obra teórica de Kandinsky  –

www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=1195

Confissões de Picasso e Matisse em

www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=1094

Crítica à arte contemporânea –

www.digestivocultural.com.br/colunistas/coluna.asp?codigo=554

P. S. Neste mesmo site tem uma pilha de textos sobre cinema, há uma janela para todos os MEUS ARTIGOS ao final de cada texto.

2 respostas para Eles sabem o que é melhor pra você

  1. Muito legal passar por aqui. Faço pós em Fotografia, com ênfase na discussão sobre imagens, e toda essa área muito me interessa. Vi que tens uns textos sobre Kandinsky. Por acaso, estou com o Ponto e Linha Sobre Plano aqui. Bom conhecer esse espaço. Abraço.

  2. JW disse:

    Chico City e o Bem Amado? Não precismos pegar programas que começavam depois das 21:00 para ver como o politicamente correto virou uma praga (principalmente na tal “emissora” onde essas atrações eram exibidas). Os Trapalhões, um programa infantil clássico, era a mais pura incorreção política: TODAS as piadas eram baseadas em preconceitos contra nordestinos, negros e homossexuais. Sem contar as alusões a alcoolismo, golpes, violência, machismo, sexismo, etc….

    Não conheço ninguém que tenha se tornado um racista ou um depravado por ter acompanhado os Trapalhões na infância….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: