Há tradição no humor

Por Mauricio O. Dias – comoeueratrouxa

My makeup is dry and it clags on my chin
Im drowning my sorrows in whisky and gin
The lion tamers whip doesnt crack anymore
The lions they wont fight and the tigers wont roar

La-la-la-la-la-la-la-la-la-la
So lets all drink to the death of a clown
Wont someone help me to break up this crown
Lets all drink to the death of a clown
Lets all drink to the death of a clown

Dave Davies, in ‘death of a clown

Às vezes esse meu blog fica um pouco circunspecto, falando de pintura e apontando erros em filmes – já fui chamado, literalmente, de ‘cricri’ por conta disso.

Não sou tão sério nem almejo a seriedade. Alguns dos maiores ídolos de minha vida foram humoristas ou satiristas: Stan Laurel e Oliver Hardy, Chuck Jones, Tex Avery,  Billy Wilder, Harvey Kurtzman, Mort Walker, Neil Simon, Woody Allen, Mel Brooks (em seus melhores momentos, como “Agente 86”  e “Alta Ansiedade”), Zucker-Abrahams-Zucker, Bill Watterson, Matt Groening, Jerry Seinfeld e Larry David. Recentemente Judd Apatow e Seth Rogen entraram no grupo.

Evidentemente, alguns desses nomes são metáforas, representam um grupo de pessoas. Quando menciono Harvey Kurtzman estou falando dele e de vários dos seus colaboradores – Don Martin, Dave Berg, entre muitos outros – que, dos anos 1950 até o final dos 70, criaram maravilhas na revista “Mad”.

Alguém pode estar se perguntando por que não falei de nenhum brasileiro. Calma…

Lembro-me de criança assistir com meu pai e meu irmão, ao Chico Anysio, Os Trapalhões e a série do Bem Amado. Nós três rindo juntos – principalmente com o Chico. A recente notícia de que ele esteve hospitalizado me deixou realmente triste (13-05-2009).  Mas, agora parece que ele já se recuperou (ver http://bloglog.globo.com/chicoanysio). Torci pela recuperação deste mestre do humor.

Muitos destes comediantes dos anos 1970 e 80 tinham carreiras que vinham desde antes da criação da TV brasileira, quando o veículo de massa era o rádio. Caras que me fizeram rir quando criança já tinham divertido meus pais na infância ou juventude. Fazer duas gerações – em alguns casos até três – rirem é algo de maravilhoso, não há dinheiro suficiente para retribuir o benefício prestado.

Havia uma motivação econômica para os artistas com formação de rádio fazerem a transição para a TV. Assim como antes, nas décadas de 1910-20 muitos nomes do vaudeville migraram para o cinema.

Já nesta virada da era da TV para a era da Internet – não sei se ‘virada’ é o termo mais adequado, deve acabar ocorrendo uma fusão -,  vejo que alguns artistas consagrados na primeira até mantém páginas e sites, mas não parece haver investimento na internet para fazer com que alguém que já tem nome na TV opte por abandoná-la. Haverá possibilidade para que este quadro mude daqui há dez anos?

Isso posto, é irônico que, pelo próprio formato do veículo, seja muito mais fácil encontrar celebrações dos humoristas que fizeram a TV na internet do que na própria TV.

Costinha, Ronald Golias, Paulo Gracindo, Brandão Filho… Procure os nomes no Google, há centenas de citações vindas de fãs saudosos. E a mim também, basta lembrar desses caras que me dá saudades. Quando morre um comediante o mundo fica um pouco mais triste. E quando este comediante é uma figura que entra (como ocorre na televisão) na tua casa todas as semanas, é como perder um amigo ou tio querido.

Pequenas amostras dos trabalhos de alguns podem ser encontradas no youtube.com ; mas, infelizmente, de outros há muito pouco.

Aqui vão dois links para ídolos da minha infância e juventude. Uns caras que não precisavam fazer a menor força para serem engraçados.

Walter D’Ávila – http://www.youtube.com/watch?v=he6BkbT2sv8

Mussum, com participação mais que especial do ‘Little Richard’ Tião Macalé; e Renato Aragão  –

http://www.youtube.com/watch?v=2NhvnXsCkJ8

P.S. A Wikipédia cita Walter D’Ávila  como tendo nascido em 29 de novembro de 1913, mas uma outra fonte , http://inmemorian.multiply.com/photos/album/105/105# , diz ser a data de nascimento 29/11/1914.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: