My Favorite Things

.

Raindrops on roses and whiskers on kittens
Bright copper kettles and warm woolen mittens
Brown paper packages tied up with strings
These are a few of my favorite things
”       (Rodgers and Hammerstein)

Por Mauricio O. Dias – comoeueratrouxa

François Truffaut dizia que o cinema foi inventado para que um filme como ‘Os Pássaros’ existisse. Isto é um manifesto contra a cerebralização do cinema.

O cinema começou como curiosidade exibida em circos a um centavo, para um público de analfabetos. Depois das inovações narrativas e de conteúdo, passou a existir como passível de ser arte.

Muita coisa mudou ao longo do século XX, o público tornou-se mais maduro (embora muitas vezes cinismo seja confundido com maturidade), a diversidade de movimentos cinematográficos – expressionismo, neo-realismo, nouvelle-vague – e autores ímpares como Fritz Lang, Welles, Bergman, Kurosawa e Buñuel conferiram novos conteúdo e forma ao cinema.

A partir dos final dos anos 50 alguns diretores europeus começaram a embarcar numa ‘egotrip’ meio existencialista. Boa parte dos filmes resultantes desta idéia são pernósticos. Cinema é ação, isto está na própria origem da palavra, do grego ‘Kinos’. Quando digo ação não quero dizer tiros e socos, mas no sentido de algo dinâmico, não estático.

Desde os meus vinte e poucos anos não consigo rever ‘O Ano Passado em Marienbad’. Tentei, não consegui. Não sei que opinião Truffaut tinha sobre este filme de Alain Resnais. E, se alguma vez Truffaut manifestou-se publicamente sobre a obra, não significa que tenha dito o que verdadeiramente pensava. Ambos eram franceses, da mesma geração, há muito corporativismo entre os intelectuais afins.

Mas o aspecto inicial do cinema como entretenimento para a ‘plebe’ não deve ser esquecido – aliás, o que muitas vezes era ‘entretenimento para a plebe’ antigamente torna-se o clássico de nossos dias.

No link abaixo, Fred Astaire na sala de musculação em ‘Núpcias Reais’. A leveza, a graça. Como ele faz parecer fácil algo que, na verdade, é elaboradíssimo. O cinema foi inventado para que uma cena como essa existisse.

http://www.youtube.com/watch?v=-pjlrrMvdtw

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: