O horror, o horror…

.

Por Mauricio O. Dias – comoeueratrouxa

Estar vivo no Brasil em setembro de 2009 é saber que Dado Dollabela ganhou um milhão de reais por votação do público num programa de TV. É saber que Fernanda Young vai ganhar uma bela soma em dinheiro pra posar nua na Playboy.

Eu tento não tomar ciências de tais fatos, compro bons livros, contos de Aníbal Machado, aulas sobre Aristóteles e Xavier Zubiri; enfim, procuro me retirar do baixo mundo. Mas por mais que você busque algo decente, acaba tendo que sempre que voltar e se defrontar com esta realidade abjeta em que boiamos.

Você tenta ouvir Bach, num volume que não incomode os vizinhos, mas um cafajeste pára o carro na porta do teu prédio e liga o som a todo volume, e o som é uma cacofonia abjeta cantada por alguém que parece um camelô do Largo da Carioca apregoando seus produtos. E isto pode ocorrer a qualquer hora do dia, até em plena madrugada. Até que a polícia chegue, você não tem como fugir do barulho ensurdecedor.

Não acho que este é um mundo bom pra se criar filhos. Como proteger mentes em formação do circo de horrores midiático que nos envolve? Isto sem falar da violência que é um risco constante, e produz atrocidades diárias. E na corrupção e corporativismo endêmicos na política. Tem horas que bate um desânimo… Há chance de melhoria? Há interesse em que haja melhoria?

Em meio à toda a sensação de náusea, de vez em quando meto-me a procurar uma notícia bonitinha, algo leve, inócuo, que faça esquecer todo o caos cotidiano. Como a notícia do link abaixo – velha, do ano passado – , sobre um fazendeiro norte-americano que colheu uma abóbora de 693 Kg:

http://www.worldamazingrecords.com/2008/10/worlds-biggest-and-heaviest-pumpkin.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: