Chato pra cacete. Ou nao.

.

Por Mauricio O. Dias – comoeueratrouxa

O objetivo mais usual deste meu blog – ou seja lá qual for o nome que se dê a este tipo de veículo hoje em dia – , há tempos, é comentar com humor o que vejo no mundo cultural. Mas diante de certos fatos, fica difícil tentar fazer um comentário engraçado – porque os fatos em si já são tão surreais, que não dá pra sobrepor um comentário a eles. Vou fazer o quê? Piada sobre piada, sobre piada, como aquelas figuras metalingüísticas e referenciais do M.C. Escher?

Coluna de Caetano Veloso, Segundo Caderno de O Globo, 23-05-2010:

Sobre uma apresentação ao vivo de Morrisey (ex-vocalista do ‘The Smiths’):Um tanto gordo, seu torso em contorções imaginadas para enfeitiçar Mishima me parecia quase asqueroso.

O que significa algo ser ‘imaginado para enfeitiçar Mishima’? É alguma gíria bahiana? Dia 2 de fevereiro é dia de Iemanjá, dia 3 é pra se ‘enfeitiçar Mishima’? Pega uma garrafa de marafo, um alguidar de sushi…

Sobre os Sex Pistols, Caetano disse:

E sempre gostei mais dos Sex Pistols do que do Clash. Os Pistols eram mais João Gilberto.

É, o Clash era assim meio João Donato…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: